Poetas e outros sonhadores

Autores

  • António Paulo Leite Brito da Silva

Resumo

A interligação lógica das verdades convencionadas com que funcionamos converteu-se num sistema sem qualquer consideração pelo humano que, com uma extraordinária e crescente abundância de meios, se erige e amplia autonomamente segundo a sua estrutura. Este sistema está-se a formar e a desenvolver diariamente tendo como particularidade a concentração nas semelhanças e o esquecimento das diferenças, ou seja, de tudo o que lhe escapa e de tudo o que não pode ser percebido e medido pelos seus parâmetros racionais. Como o humano não pode ser aferido por estes critérios é suprimido e esquecido. De acordo com J.F.Lyotard, estaremos assim na era do inumano.

Downloads

Publicado

2014-10-30

Como Citar

Silva, A. P. L. B. da. (2014). Poetas e outros sonhadores. Sebentas d’Arquitectura, (4), 63–69. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/sa/article/view/1821

Edição

Secção

Artigos