Globalização

Autores

  • Victor Manuel Canedo Neves

Resumo

"A world- wide style culture". Esta frase, inserida num web-site da Levis em 1996, fixa com enorme acutilância a situação do mundo actual, neste principio do século XXI. A ideia de globalização, de uma sociedade globalmente intercomunicada, à escala planetária, tem a marca do séc.xx, mas s sua interpretação (e aplicação) real foi-se alterando. A microelectrónica e a rede mundial de comunicações estão no centro de uma sociedade-utopia que foi teorizada a diversos níveis. Essa sociedade tinha uma matriz ideológica, que era a de levar o progresso, o bem-estar e a democracia a todos. Mas a ideia de uma aldeia global de Mcluhan, perdeu toda a sua ingenuidade para se transformar numa imensa megapólis virtual onde tudo depende de um primado económico e onde prevalece o poder de quem detém o poder económico e o poder tecnológico, por arrasto. Não se trata já de um problema de uniformização coerciva, a diversos níveis, que veremos analítica e criticamente retratada nas teses de Paul Virílio ; mas sobretudo de uma auto racia dos mais fortes sobre os mais fracos, que tira a estes últimos a sua própria autonomia económica, política e cultural.

Palavras-chave:

Globalização

Downloads

Publicado

2014-10-29

Como Citar

Neves, V. M. C. (2014). Globalização. Sebentas d’Arquitectura, (4), 07–09. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/sa/article/view/1812

Edição

Secção

Editorial