[1]
M. G. de Matos, «Os adolescentes portugueses dormem pouco e bem, ou pouco e mal? E então?», RPCA, vol. 10, n. 1, pp. 159–171, Abr. 2019.