Factorial validity and group invariance of the Portuguese short version of the social physique anxiety scale in adolescents

Autores

  • Luís Calmeiro
  • Maria Celeste Rocha Simões
  • Maria Margarida Nunes Gaspar de Matos
  • Pedro Gamito

Resumo

O objectivo deste estudo é determinar a validade factorial e a invariancia grupal da curta-versão da escala de Ansiedade Física social (sPAs - social Physique Anxiety scale). uma amostra nacional representativa de 3300 alunos do 8º e 10º anos (idade média de 15.07 ± 1.34 anos) preencheram a versão do sPAs de 7 itens de motl e Conroy (2000). A análise do componente principal foi seguida por uma análise factorial confirmatória, e resultou num instrumento de 6 itens com boa validade interna. evidência de invariância configural e invariância métrica através de uma variedade de amostras (em função do género, actividade física, comportamento alimentar, a percepção do corpo e do índice de massa corporal) indicam que o constructo de Ansiedade Física social se generaliza numa variedade de grupos. A curta-versão actual deve ser testada num estudo transcultural.

Palavras-chave:

Saúde do adolescente, Imagem corporal, Saúde psicossocial, Medição da invariância, Ansiedade social, Validade

Downloads

Publicado

2013-07-02

Como Citar

Calmeiro, L., Simões, M. C. R., Matos, M. M. N. G. de, & Gamito, P. (2013). Factorial validity and group invariance of the Portuguese short version of the social physique anxiety scale in adolescents. Revista De Psicologia Da Criança E Do Adolescente, 3(2), 199–213. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/rpca/article/view/76

Edição

Secção

Artigos