Adaptabilidade de carreira em adolescentes portugueses = Career adaptability in portuguese adolescents

Maria do Céu Taveira, Cátia Marques, Íris Oliveira

Resumo


A adaptabilidade de carreira inclui a preocupação positiva com o futuro, a confiança na resolução de transições vocacionais, a curiosidade sobre o mundo escolar e profissional e a perceção de controlo sobre o futuro. Estas atitudes podem favorecer o planeamento, a autoeficácia, a exploração e a decisão de carreira, comportamentos importantes para a construção de identidade e o sucesso educativo, na adolescência. Neste estudo, com base na Escala sobre Adaptabilidade, analisou-se o perfil de adaptabilidade de carreira de 349 estudantes do 9º ano (184 rapazes, 52,7%, Midade=14,55, DP=0,90) a estudarem em três regiões do norte do país. Os adolescentes apresentaram níveis positivos de confiança, controlo, curiosidade e preocupação, respetivamente. Verificaram-se diferenças significativas entre sexos, com as alunas a pontuar mais elevado do que os rapazes na preocupação e os rapazes a pontuar mais elevado do que as raparigas na confiança, curiosidade e controlo percebidos sobre a carreira. Não se registaram diferenças entre alunos mais novos e mais velhos. Os alunos de uma região menos interior registaram níveis de confiança em relação à resolução de problemas e transições de carreira significativamente mais elevados, quando comparados com os da região mais interior. As intervenções de carreira em contexto escolar planeadas para esta região poderão ser informadas por resultados como estes.


Career adaptability includes positive concern about the future, confidence in coping with career transitions, curiosity about educational and occupational worlds, and perceived control over the future. These attitudes may favor planning, self-efficacy, career exploration and decision making, important behaviors for identity construction and educational success in adolescence. In this study, based on the Adapt-ability Scale, we analyzed the career adaptability profile of 349 9th grade students (184 boys, 52.7%, Mage = 14.55, SD = .90) attending schools in three northern regions from the country. Adolescents presented positive levels of confidence, control, curiosity and concern, respectively. There were significant differences between sexes, with girls scoring higher than boys in concern, and boys scoring higher than girls in perceived confidence, curiosity and control over their careers. There were no differences between younger and older students. Students from a less inland region experienced significantly higher levels of confidence in problem solving and career transitions when compared to those in the innermost region. Career interventions in school settings planned for this region may be informed by results such as these.


Palavras-chave / Keywords:

Adolescência, Carreira, Adaptabilidade, Transição, Educação.
Adolescence, Career, Adaptability, Transition, Education.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt