Adaptabilidade de carreira em adolescentes portugueses

Autores

  • Maria do Céu Taveira
  • Cátia Marques
  • Íris Oliveira

Resumo

A adaptabilidade de carreira inclui a preocupação positiva com o futuro, a confiança na resolução de transições vocacionais, a curiosidade sobre o mundo escolar e profissional e a perceção de controlo sobre o futuro. Estas atitudes podem favorecer o planeamento, a autoeficácia, a exploração e a decisão de carreira, comportamentos importantes para a construção de identidade e o sucesso educativo, na adolescência. Neste estudo, com base na Escala sobre Adaptabilidade, analisou-se o perfil de adaptabilidade de carreira de 349 estudantes do 9º ano (184 rapazes, 52,7%, Midade=14,55, DP=0,90) a estudarem em três regiões do norte do país. Os adolescentes apresentaram níveis positivos de confiança, controlo, curiosidade e preocupação, respetivamente. Verificaram-se diferenças significativas entre sexos, com as alunas a pontuar mais elevado do que os rapazes na preocupação e os rapazes a pontuar mais elevado do que as raparigas na confiança, curiosidade e controlo percebidos sobre a carreira. Não se registaram diferenças entre alunos mais novos e mais velhos. Os alunos de uma região menos interior registaram níveis de confiança em relação à resolução de problemas e transições de carreira significativamente mais elevados, quando comparados com os da região mais interior. As intervenções de carreira em contexto escolar planeadas para esta região poderão ser informadas por resultados como estes.

Palavras-chave:

Adolescência, Carreira, Adaptabilidade, Transição, Educação

Downloads

Publicado

2020-05-25

Como Citar

Taveira, M. do C., Marques, C., & Oliveira, Íris. (2020). Adaptabilidade de carreira em adolescentes portugueses. Revista De Psicologia Da Criança E Do Adolescente, 10(2), 67–74. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/rpca/article/view/2773

Edição

Secção

Artigos