Comportamento sexual e percepção de apoio familiar em adolescentes da região amazônica no Brasil = Sexual behavior and perception of family support in adolescents from the amazon region in Brazil

Maria Letícia Oliveira, Diego Gómez-Baya, Gina Tomé, Marta Reis, Juliana Maltoni, Carmem Beatriz Neufeld, Margarida Gaspar de Matos, Carolina Lisboa

Resumo


Dentre os desafios que costumam ser comuns à adolescência, destaca--se o desejo de conhecer os limites da sexualidade. Entende-se que os jovens podem estar suscetíveis a diferentes riscos frente a este desafio. Os comportamentos sexuais de risco incluem relações sexuais sem o uso de preservativos, a multiplicidade de parceiros e a gravidez precoce. Este trabalho teve por finalidade oferecer uma contribuição empírica para a compreensão da sexualidade de adolescentes, investigando a relação entre a percepção do comportamento sexual e a percepção dos adolescentes no que se refere ao seu relacionamento com seus pais. Este trabalho insere-se em um projeto maior, denominado Health Behavior in School-Aged Children (HBSC). O recorte se propõe investigar os adolescentes da Região Norte do Brasil (Amazônia). O instrumento utilizado foi o Health Behavior in School-aged Children (HBSC), sendo este um protocolo que abrange uma gama de indicadores e comportamentos relacionados à saúde. A amostra foi composta de 507 estudantes de ambos os sexos de escolas públicas do estado de Rondônia, de 13 a 15 anos de idade. A análise dos dados da pesquisa foi realizada por meio de medidas de comparação (teste qui-quadrado). Os resultados apontaram que os jovens que já iniciaram a sua vida sexual percebem que pais sabem pouco das suas vidas. Aumentar habilidades para tomada de decisão e promover a comunicação com os pais pode contribuir significantemente para que estimule a saúde e bem-estar dos jovens brasileiros.

 

Among challenges common to adolescents, desire to explore sexuality limints stands out. Young people may be susceptible to different risks facing this challenge. Sexual risk behaviors include intercourse without condoms, multiplicity of partners, and early pregnancy. The purpose of this study was to provide an empirical contribution to the understanding of adolescent sexuality, investigating the relationship between adolescents’ perception of sexual behavior and their relationship with parents. This work is part of a larger project called Health Behavior in School-Aged Children (HBSC). Scope is proposed to investigate adolescents of Northern Region of Brazil (Amazon). Instrument used was the Health Behavior in School-aged Children (HBSC), a protocol that covers a range of indicators and behaviors related to health. Sample consisted of 507 students of both sexes from public schools in the state of Rondônia, aged 13 to 15 years. Research data analysis was performed by comparison measures (chi-square test). Results indicated that young people who have already started sexual life realize that parents know little about their lives. Increasing decision-making skills and promoting communication with parents can contribute significantly to stimulate health and well-being of Brazilian youth.


Palavras-chave / Keywords:

Adolescência, Comportamento sexual, Percepção de apoio familiar.

Adolescence, Sexual behavior, Perception of family support.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt