Organizadores psíquicos preditores da sustentabilidade mental no Rorschach de Adolescentes

Autores

  • Isabel Maria Gonzalez Duarte da Cunha

Resumo

A adolescência é um período do desenvolvimento essencial na transição entre a infância e a idade adulta, durante o qual têm lugar importantes transformações psíquicas. O presente estudo realizado no âmbito do Doutoramento em Psicologia Clínica possibilitou a construção de organizadores psíquicos preditores da sustentabilidade mental no Rorschach, através dos quais foi possível aceder e descrever as transformações psíquicas em curso durante o processo de desenvolvimento adolescente. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa, de tipo longitudinal, realizado com protocolos de 9 adolescentes, de sexos diferentes, recolhidos aos 13 e aos 16 anos.

Os organizadores psíquicos foram construídos com base nas teorias do pensamento, que possibilitam a compreensão dos processos de co-construção. A techne como reveladora da capacidade de integração dos processos de simbolização e o campo como o lugar (re)significador do desconhecido. Através destes organizadores foi possível conceptualizar as transformações do Eu e da relação Eu-Outro essenciais para a compreensão normativa dos processos psíquicos em curso durante o processo de tornar-se adolescente.

A leitura mais próxima dos processos psíquicos que estão em construção durante a adolescência constitui-se como fundamental para uma melhor sustentabilidade ao nível das práticas da saúde mental, possibilitando uma melhor estruturação ao nível das práticas de acompanhamento psicológico.

Palavras-chave:

Adolescência, Sustentabilidade, Rorschach, Transformação

Downloads

Publicado

2019-06-25

Como Citar

Cunha, I. M. G. D. da. (2019). Organizadores psíquicos preditores da sustentabilidade mental no Rorschach de Adolescentes. Revista De Psicologia Da Criança E Do Adolescente, 9(1), 155–169. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/rpca/article/view/2677

Edição

Secção

Artigos