Participação social e o protagonismo jovem, num país em mudança de paradigma

Cátia Branquinho, Gina Tomé, Diego Gómez-Baya, Margarida Gaspar de Matos

Resumo


Este trabalho teve como objetivo o estudo das diferenças de género, ano de escolaridade e região na participação social dos jovens portugueses em idade escolar. Incluiu 5695 alunos do 8º, 10º e 12º ano de escolaridade que participaram no estudo, na sua maioria do género feminino (53,9%), com uma média de idade de 15,46 anos (DP=1,8). Foi realizado um estudo descritivo, e das médias da participação social ou sua expectativa com base no género, ano de escolaridade e região com base no teste ANOVA e Post-hoc (Tukey HSD) para análise de diferenças entre grupos. Nos resultados, segundo as dimensões do Questionário de Expectativas e de Participação Social e Desenvolvimento Positivo, no estudo do género, destaca-se um maior Sentido de Pertença e Autoeficácia Social no género masculino, e Expectativas de Participação na Comunidade superiores no género feminino. A dimensão Participação Ativa e o Total da Participação ou sua Expectativa, não revelaram diferenças estatisticamente significativas. Na análise por ano de escolaridade, o 8º ano destaca-se pelo maior Sentido de Pertença e menor Autoeficácia Social. A Participação Ativa, Expectativas de Participação na Comunidade e Total da Participação ou sua Expectativa é superior no 12º ano de escolaridade. Por último, na exploração por regiões, apenas o Total de Participação ou sua Expectativa revelou diferenças estatisticamente significativas, apresentando diferenças entre as regiões do Alentejo e Algarve, e uma maior participação ou sua expectativa por parte dos jovens do Alentejo. Considera-se fundamental estudar as características dos jovens socialmente mais participativos. A autonomia, responsabilização e participação ativa dos jovens na identificação e gestão dos problemas da sua vida, são uma via promissora para a promoção do seu bem-estar e prevenção de risco de saúde.


This work had as objective the study of gender differences, grade and region in social participation of portuguese school-aged youth. Were inclued 5695 pupils of the 8th, 10th and 12th grade, who participated in the study, mostly female (53.9%). With a mean age of 15.46 years (SD = 1.8), was carried out a study of the averages of social participation based on gender, grade and region based on the ANOVA and Post-hoc (Tukey HSD) for the analysis of differences between groups. In the results, based on the dimensions of the Questionnaire on Expectations and Social Participation and Positive Development, in the study of gender, there is a greater Sense of Belonging and Social Self-efficacy in the masculine gender, and higher Expectations of Participation in the Community in the feminine gender. The dimension Active Participation and Total Participation or its Expectation did not reveal statistically significant differences. In the analysis by school grade, the 8th grade stands out due to the greater Sense of Belonging and lesser Social Self-efficacy. Active Participation, Expectations of Community Participation and Total Participation or Expectation is higher in the 12th grade. Finally, in the exploration by regions, only the Total Participation or its Expectation revealed statistically significant differences, presenting differences between the regions of the Alentejo and Algarve, and a greater participation by young people from Alentejo. It is considered fundamental to study the characteristics of the socially more participative young people. Autonomy and active participation of young people in the identification and management of their lives’ problems are a promising way to promote their well-being and prevent health risks.


Palavras-chave / Keywords

Participação social, Jovens, Género, Ano de escolaridade, Regiões.

Participation, Youth, Gender, Grade, Regions.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt