A prática da intersetorialidade como promoção e prevenção de saúde nas escolas: um relato de experiência em São Luís do Maranhão – Brasil | The practice of intersectoriality as health promotion and prevention in schools: an experience report in São Luís do Maranhão – Brazil

Ana Catarina Muniz Pereira

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo expor os resultados obtidos durante a experiência de estágio supervisionado específico em processos de prevenção e promoção da saúde do curso de Psicologia da Universidade Ceuma – São Luis, Maranhão, Brasil, realizado na Unidade de Ensino Básico Olinda Desterro, entre os meses de março e junho de 2016. As atividades metodologicas foram desenvolvidas em quatro momentos: Reunião com equipe pedagógica com o objetivo de melhor compreender os recursos pedagógicos utilizados na interação aluno-aluno e professor-aluno e quais as problemáticas e queixas envolvendo essas relações/ Reunião com o líderes de turmas/ Visitas em instituições de Redes de Apoio da escola para conhecer os trabalhos oferecidos com possibilidade de construir uma parceria com a escola/ Palestras sobre violência e promoção de saúde aos alunos. Alunos e professores insatisfeitos com os poucos recursos financeiros, pedagógicos e estruturais oferecidos pela escola, a qual trata-se de uma instituição isolada, pois não é assistida por nenhuma Rede de Apoio, tais como CRAS, CREAS e Conselho Tutelar. A UEB Olinda Desterro não é assistida por nenhuma política pública de assistência, tem um histórico de casos de violência física ou verbal entre aluno-aluno e professor-aluno e carece de recursos financeiros/estruturais e pedagógicos que deveriam ser oferecidos pelo estado.


The purpose of this study was to present the results obtained during the experience of specific supervised internship in the prevention and health promotion processes of the Psychology course of the University of Ceuma - São Luis, Maranhão, Brazil, carried out at the Basic Education Unit Olinda Desterro, between the months of March and June 2016. The methodological activities were developed in four moments: Meeting with pedagogical team with the objective of better understanding the pedagogical resources used in the interaction studentstudent and teacher-student and what problems and complaints involving these relationships / Meeting with class leaders / Visits at school support networks to learn about the jobs offered with the possibility of building a partnership with the school / Lectures on violence and health promotion to students. Students and teachers dissatisfied with the few financial, pedagogical and structural resources offered by the school, which is an isolated institution, as it is not assisted by any support networks such as CRAS, CREAS and the Tutelary Council. UEB Olinda Desterro is not assisted by any public assistance policy, has a history of cases of physical or verbal violence between student-student and teacher-student and lacks the financial / structural and pedagogical resources that should be offered by the state.


Palavras-chave / Keywords

Escola, Saúde, Intersetorialidade.

School, Health, Intersectoriality.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt