Desafios de autonomização com jovens (Ex) acolhidos | Autonomization chanllenges with (former) foster care youth

Maria Fernanda Gaspar, João Pedro Gaspar, A. Elias

Resumo


A Plataforma PAJE – Apoio a Jovens (Ex)acolhidos nasceu no âmbito de um projeto de investigação/ação que surge na sequência de um trabalho de campo de 15 anos e de um estudo académico que se materializou numa tese de doutoramento onde foram analisados os desafios da autonomização de jovens adultos ex-institucionalizados. Esta Associação tem como público-alvo adolescentes e jovens adultos e um dos pilares científicos pelo qual se rege é o modelo Bioecológico do Desenvolvimento de Bronfenbrenner. Vê os jovens numa perspetiva holística englobando todos os contextos onde estão ou tenham estado inseridos, desafiando a sociedade a ser colaborante e a saber acolher. Numa perspetiva ecológica e desenvolvimentista, tendo em conta as especificidades de cada adolescente e numa abordagem multidisciplinar a PAJE atua em três eixos: Apoio e intervenção a ex-acolhidos em situações de desespero, situações pontuais e situações de continuidade; Formação e colaboração em Casas de Acolhimento a jovens ainda acolhidos e a profissionais; Investigação científica multidisciplinar, visando divulgar e ser voz ativa nas políticas públicas desta área. Avaliando o problema a jusante, a Plataforma PAJE pretende preveni-lo, desenvolvendo o seu trabalho nas Instituições de acolhimento, através de ações de formação a jovens ainda acolhidos e aos seus cuidadores. As dezenas de jovens que nos solicitam apoio, alguns com comprometimento cognitivo e/ou redes sociais frágeis, levam a que o quotidiano da Plataforma PAJE passe igualmente por minimizar o desamparo em que se encontram estas vítimas prematuras da própria família e/ou da sociedade. Também por isso, a Plataforma PAJE aplica um modelo de educação não formal, direcionado para a autonomização, respeitando a individualidade, tendo sempre por base a história de vida de cada um, apoiando, orientando, e formando jovens e adultos, promovendo uma emancipação bemsucedida, transições favoráveis e a inclusão social.


Plataforma PAJE – Apoio a Jovens (Ex) Acolhidos came to life as a research/action project following a 15 years long field work and an academic study which turned into a Phd theses where there were analyzed the autonomization challenges for former foster young adults. This association has as target teenagers and young adults and one of the scientific pillars it follows is Bronfenbrenner’s bioecologic model of development. It sees the youngsters in a holistic perspective, having into account all the contexts where they are and were inserted, thus challenging society to collaborate and know how to welcome. In an ecologic and developmental perspective, having into account the specificity of each teenager and in a multidisciplinary approach, PAJE performs in three axes: support and intervention to former-foster youth in despair situations, punctual and continued situations; Training and collaboration with Foster Care Institutions with foster youth and professionals; Multidisciplinary scientific research, Aiming to disseminate and be an active voice in the public policies of this area. Evaluating the downstream problem, the Plataforma PAJE intends to prevent it, developing its work in the foster care institutions, through training actions with foster youth and their caregivers. The dozens of young people who ask for our support, some of them with cognitive impairment and/or fragile social networks, take PAJE’s everyday to also focus on minimizing the helplessness felt by these premature victims of their own families and/or society. As for this, Plataforma PAJE uses an educational non-formal model, directed to autonomization, respecting individuality, based on each life story, supporting, orientating and training youth and adults, promoting a successful emancipation, favorable transitions and social inclusion.


Palavras-chave / Keywords

Jovens, Autonomização, Inclusão social, Contextos sociais.

Youth, Autonomization, Social inclusion, Social contexts.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt