Projeto de vida em lares de infância e juventude : perspetiva dos técnicos

Juliana Reis Brites, Vanessa Correia Batista, Esperança Jales Ribeiro, Leandra Cordeiro

Resumo


A presente investigação aborda as questões da planificação e perspetiva dos técnicos em relação ao projeto de vida da criança/ jovem institucionalizado. Com vista à desinstitucionalização, o projeto de vida culmina em três projeções planeadas e viáveis: (re)integração familiar, adoção ou autonomia de vida. A sua importância centra-se na necessidade de uma intervenção institucional fundamentada e promotora da melhoria da situação da criança/jovem no futuro. Este estudo de natureza exploratória contou com a colaboração de treze técnicos de Lares de Infância e Juventude repartidos entre as regiões do norte, centro e sul do país. Os resultados mostram que em todas as instituições analisadas são planificados Projetos de Vida para cada uma das crianças/jovens ainda que a sua concretização nem sempre corresponda à planificação. Nota-se ainda que em todas as instituições inquiridas as crianças/jovens intervêm na planificação do seu projeto de vida sendo que, segundo os técnicos, a sua opinião e a da sua família é sempre tida em conta, bem como a sua história de vida, o meio/estrutura familiar e as suas competências pessoais e sociais. Foi viável concluir que o projeto de vida é valorizado como ferramenta de orientação da intervenção dos técnicos durante a institucionalização da criança/jovem.


This research focus in the planning questions and professional’s perspective about the institutionalized child/youth life project. Seeking deinstitutionalization, the life project culminates in three planned and viable projections: family reintegration, adoption or life autonomy. It`s importance focus on the need for fundamental institutional intervention and promotion of the child/youth situation in the future. This exploration study had the collaboration of 13 professionals from youth and Childhood Foster Shelters in the north, center and south of the country. The results show that in all institutions, Life Projects are planned for each individual although it is not always met. We also observe that in all institutions children and youth intervene in the planning of their life project, and according to professionals their opinion is taken into account, as well their life history, family structure and social and personal skills. It is viable to conclude that the life project is valorized as a guidance tool in the intervention of professionals.



Palavras-chave / Keywords

Lares de infância e juventude, Projeto de vida, Perspetiva dos técnicos.

Childhood and youth foster shelter, Life project, Technician´s perspectives.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt