Surdocegueira: crianças e jovens surdocegos em Portugal

Autores

  • Tânia Gaspar Sintra dos Santos
  • Cátia Branquinho
  • António Rebelo
  • M. Antunes
  • F. Martinho
  • P. Liques da Silva
  • A. Oliveira

Resumo

A surdocegueira, apesar do seu longo passado e história, é ainda uma deficiência desconhecida por muitos. Em Portugal e no grupo das crianças e jovens, as necessidades e características da pessoa surdocega são ainda ignoradas.

Num estudo com uma amostra de 34 jovens surdocegos entre os 2 e os 25 anos de idade, constatou-se que esta população é maioritariamente do sexo masculino, solteira/divorciada, não tem um nível de escolaridade e conta com o suporte de familiares. Sendo que grande parte destes indivíduos deve os seus comprometimentos a uma origem pós-natal, nasce ou fica surdocego até aos dois anos e apresenta comprometimentos ao nível da cegueira e surdez profunda.

Palavras-chave:

Surdocegueira, Portugal, Jovens, Caracterização, Situação

Downloads

Publicado

2015-01-29

Como Citar

Santos, T. G. S. dos, Branquinho, C., Rebelo, A., Antunes, M., Martinho, F., Silva, P. L. da, & Oliveira, A. (2015). Surdocegueira: crianças e jovens surdocegos em Portugal. Revista De Psicologia Da Criança E Do Adolescente, 6(1), 35–42. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/rpca/article/view/1968

Edição

Secção

Artigos