Estilos de vida dos jovens: tempo de ecrã e atividade fisica

Autores

  • Miguel Fialho Pombeiro
  • José Alves Diniz
  • Maria Margarida Nunes Gaspar de Matos

Resumo

O presente estudo pretende caracterizar o estilo de vida (EV) dos alunos de escolas privadas Portuguesas. Cinco perfis de estilo de vida (PEV), foram reconhecidos e interpretados em função da prática de atividade física (AF) e do tempo de ecrã (TE). A metodologia e instrumentos utilizados neste estudo resultam de uma adaptação do estudo Internacional Health Beaviour in School-aged Children (HBSC) realizado sob a égide da Organização Mundial de Saúde. Os participantes foram uma extensão da amostra Portuguesa integrada naquele estudo, recrutando alunos de escolas privadas de Lisboa (Portugal). O estudo inclui 1385 alunos de ambos os géneros, com uma média de idades de 13,6 anos (DP=1,84). Os resultados mostraram que em escolas privadas devem ser utilizadas estratégias de promoção de EV saudáveis adequadas aos diferentes perfis identificados de AF e de TE. A crescente evolução tecnológica, potenciada por políticas de incentivo à aquisição de meios tecnológicos, conduziu os alunos a realizarem menos AF. Pelo que deveriam ter sido acompanhadas de estratégias de consolidação da AF e de educação sobre o TE.

Palavras-chave:

Lifestyle profiles, Screen time, Sedentary lifestyle, Physical activity

Downloads

Publicado

2015-01-06

Como Citar

Pombeiro, M. F., Diniz, J. A., & Matos, M. M. N. G. de. (2015). Estilos de vida dos jovens: tempo de ecrã e atividade fisica. Revista De Psicologia Da Criança E Do Adolescente, 5(2), 43–69. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/rpca/article/view/1870

Edição

Secção

Artigos