Atuações humanas na paisagem

Autores

  • Patrícia Diogo Doutorada em Arquitectura. Professora Auxiliar na Universidade Lusíada do Porto e V. N. de Famalicão, onde lecciona a Unidade Curricular Arquitectura I.

Resumo

O contexto em que surge esta reflexão temática, sobre uma matéria classicamente considerada menor, enquadra-se no pressuposto de que para conservar e valorizar as matrizes da nossa identidade colectiva é essencial respeitar a memória transmitida pelo nosso património natural, paisagístico, arquitectónico e cultural enquanto legado histórico que nos foi transmitido por sucessivas gerações e que nos conta a história do Homem e, por conseguinte, a forma como este transformou esses espaços em benefício da melhoria da sua condição de vida.

Por isso mesmo, a abrangência do tema exige rigor na caracterização do meio físico da área em estudo, o Distrito de Bragança, e nomeadamente quanto ao perfil fisiográfico que a rede hidrográfica determina e pelas vertentes abruptas do Douro e pelo planalto mirandês que é sulcado pelos seus efluentes primários.

Palavras-chave:

Meio físico, Paisagem humanizada, Património, Salvaguarda

Biografia Autor

Patrícia Diogo, Doutorada em Arquitectura. Professora Auxiliar na Universidade Lusíada do Porto e V. N. de Famalicão, onde lecciona a Unidade Curricular Arquitectura I.

Professora Auxiliar na Universidade Lusíada do Porto e V. N. de Famalicão, onde leciona
a Unidade Curricular Arquitetura I.
Doutorada em Arquitetura pelo Departamento de Expresión Gráfica Arquitetónica da
Universidad de Valladolid em 2009.
Colaboradora, desde 2007, na empresa mdjp-arquitectos lda. nos seguintes projetos:
• Museu Galp Energia, Matosinhos
• Recuperação da antiga Escola de Perafita, Perafita
• Recuperação de Ilha em Matosinhos
• Estagiária no gabinete do Arquiteto Eduardo Souto Moura em 2004.
• Licenciada pela FAUP no ano letivo 2004/2005.

Referências

AAVV - Revista Estudos/Património Salvaguarda Memória Intervenções Português, 5ª ed., Lisboa, 2003.

ARMAS, Duarte de - O Livro das Fortalezas, Colecção Histórica da Cultura Portuguesa, Edições Inapa, 2006.

BÁEZ MEZQUITA, Juan Manuel - Arquitectura popular de Sanabria: Asentamientos, Morfologías y Tipologias Rurales, Instituto de Estudios Zamoranos, Florián de Ocampo (C.S.I.C.), Zamora, 1994.

DIAS, Jorge; GALHANO, Fernando; VEIGA DE OLIVEIRA, Ernesto - Sistemas primitivos de moagem em Portugal: Moinhos, Azenhas e Atafonas, Porto, 1949.

DIOGO, Manuel Maria - Arquitectura Vernácula em Terras de Miranda: Escuela Técnica Superior de Arquitectura (Departamento de Expresión Gráfica Arquitectónica), na Universidad de Valladolid, Valladolid, 1994.Tese de Doutoramento.

DIOGO, Maria do Nascimento Xavier - Arquitectura Complementar e do Trabalho em Terras de Miranda: Escuela Técnica Superior de Arquitectura (Departamento de Expresión Gráfica Arquitectónica), na Universidad de Valladolid, 2002. Tese de Doutoramento.

FERREIRA, Alfredo Durão de Matos- Aspectos da Organização do Espaço Português, FAUP Publicações, Porto, 1995.

MONTEIRO, António et al.- Parque Natural do Douro Internacional, Edição do Instituto da Conservação da Natureza, Lisboa, 1998.

MONTES SERRANO, C. - Arquitectura popular: razones para una favorable apreciación estética, Arquitectura Popular 1, Valladolid, 1988.

MOURINHO, António Maria (Júnior) - Arquitectura Religiosa da Diocese de Miranda do Douro - Bragança, Edições da Câmara Municipal de Miranda do Douro, Sendim, 1995.

OLIVEIRA, Rosário – Identificação e caracterização da paisagem ao nível local, Arquitectura e Vida nº86, Lisboa, 2007.

VEIGA DE OLIVEIRA, E.; GALHANO, F.; PEREIRA, B. - Arquitectura Tradicional Portuguesa, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 1992.

Downloads

Publicado

2013-10-03

Como Citar

Diogo, P. (2013). Atuações humanas na paisagem. Revista Arquitectura Lusíada, (2), 157–163. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/ral/article/view/249

Edição

Secção

Artigos