Friches industrielles e o seu contributo para a dinamização da cidade

Autores

  • Ana Paula de Napoles
  • Rui Pedro Fernandes

Resumo

As friches industrielles resultam da desindustrialização emergida do fenómeno da globalização que, por sua vez, exortam uma desagregação das relações socioespaciais, cujos ecos urbanísticos se reproduzem no isolamento das grandes unidades industriais abandonadas, localizadas na cidade.

A sua reintegração na cidade está precocemente condicionada a uma continuidade da memória identitária da fábrica, concretizada nas operações arquitetónicas projetadas, norteadas para uma reposição das friches industrielles, na malha urbana, restituindo os edifícios à cidade e aos city users.

Palavras-chave:

Friches industrielles, Reintegração urbana, Requalificação arquitetónica, Planeamento urbano, Desindustrialização

Downloads

Publicado

2016-05-12

Como Citar

Napoles, A. P. de, & Fernandes, R. P. (2016). Friches industrielles e o seu contributo para a dinamização da cidade. Revista Arquitectura Lusíada, (7), 21–33. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/ral/article/view/2327

Edição

Secção

Artigos