Estatuto editorial e normas para apresentação de originais

Ricardo Leite Pinto

Resumo


A revista POLIS foi fundada em 1994 por um grupo de docentes investigadores das áreas da Ciência Política, História Política e Direito Constitucional. Após um percurso que se foi consolidando, ao longo de 26 anos, embora com signifcativas intermitências, retomou a sua publicação regular em 2020. A versão integral de todos os números editados desde 1994 pode ser consultada com acesso livre em: http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/polis/issue/archive


ESTATUTO EDITORIAL

A POLIS é uma publicação periódica semestral que visa promover a divulgação da atividade científica de docentes e investigadores nacionais e estrangeiros nas áreas de ciência política, direito constitucional, direito administrativo, direito internacional público, direito comunitário, história política, história das ideias, filosofia política, sociologia política, entre outras. Pretende, assim, contribuir para o conhecimento e o debate dos factos políticos e sociais presentes e passados e das grandes linhas do pensamento jurídico-político sobre a sociedade e o Estado.

A POLIS pretende contribuir para a divulgação, estudo e debate dos factos jurídico-políticos, numa perspetiva multidisciplinar.

A POLIS visa promover a divulgação da atividade científica de docentes e investigadores, nacionais e estrangeiros.

A POLIS está aberta aos contributos científicos e metodológicos de ciência política, direito constitucional, direito administrativo, direito internacional público, história política, história das ideias, filosofia política, sociologia política, entre outros.

A POLIS respeitará escrupulosamente as regras deontológicas e legais da atividade jornalística, de acordo com o estipulado no artigo 17.º, n.º 1, da Lei n.º 2/99, de 13 de janeiro.


Normas para apresentação de originais

Todos os textos propostos para publicação devem ser enviados em formato digital para a plataforma electrónica da POLIS. Para mais informações, consultar, a página web da POLIS: revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/polis.


Sistema de arbitragem científica

A Direção da "POLIS" promoverá a arbitragem científica dos artigos propostos para publicação, remetendo-os sob anonimato a dois membros do Conselho Científico da revista para recolha dos respetivos pareceres que, caso sejam unânimes na rejeição, serão vinculativos.

A "POLIS" compromete-se a dar conhecimento da decisão de publicação no prazo de 90 dias após a receção dos originais.

A revisão das provas tipográficas é da responsabilidade da Direção, que garante a reprodução tipograficamente correta dos textos de acordo com os originais remetidos por forma digital, adequando-os, caso se torne necessário, a uma das normas de redação admitidas pela revista.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2021
Departamento de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt