África entre crises e a oportunidade de reposicionar-se no sistema internacional

Autores

  • Manuel Agostinho Barros Docente da Universidade Lusíada de Angola (Cabinda)

DOI:

https://doi.org/10.34628/fx7t-gb83

Resumo

As tentativas de afirmação política e económica da África no sistema internacional remonta da década de 60 do século XX, altura em que maior parte dos seus Estados alcançaram as suas independências. O período coincide com a criação da Organização de Unidade Africana (OUA), hoje União Africana (UA), em 25 de Maio de 1963, data que passou a ser celebrada como dia da África. Passados metade do século (57 anos), o esforço de construção de uma África próspera e pacificada tem sido dificultada por um conjunto de entraves. Este quadro tem relegado ao segundo plano o papel do continente no contexto global, mas também contribuido para a imagem negativa que é atribuida a África. É bem verdade que o continente está cheio de desafios, contudo é também de imensas oportunidades.

É em função disso que o presente artigo procura fazer um breve balanço da África a partir dos finais da década de 1990 através de duas dinâmicas, a saber: a sócioeconómica, e a política – segurança. Pretende-se com isso ilustrar entre várias, algumas das razões na base da sua vulnerabilidade e fraqueza, e a partir delas identificar oportunidades que possam contribuir para o seu reposicionamento internacional, o que é do interesse tanto da África, como do resto do mundo devido as suas potencialidades e localização geográfica.

Palavras-chave:

África, Política, Economia e segurança

Referências

Referências Bibliográficas

AFRICA ECONOMIC OUTLOOK (2015) - “Regional development and spatial inclusion”. Issy les Moulineaux: African Economic Outlook Org [online]. Disponível em: https://www.africaneconomicoutlook.org/regional-development-and-spatial-inclusion/AFDB (2020) – “African economic outlook 2020: developing Africa´s workforce for the future”. Abidjan: African Development Bank, 2020.

BARROS, Manuel Agostinho (2017) – “Os contornos sócio-económicos e securitários da petrodependência dos Estados: o caso de Angola”. In Revista Lusíada de Política Internacional e Segurança n.º 15. Lisboa: Universidade Lusíada Editora. CNN (2020) – “As China faces a backlash in the West, Xi needs Africa more than ever”. Atlanta: Cable News Network (CNN), 2020/05/19 (updated 12:05

AM EDT, Wed May 20, 2020) [online]. Disponível em: https://edition.cnn.com/2020/05/19/asia/xi-jinping-africa-coronavirus-hnk-intl/index.html

IMF (2019) – “Regional economic outlook-sub-saharan Africa: navigating uncertainty”. Washington, DC: IMF (International Monetary Fund), October 2019.

OECD (2020) – “Covid-19 and Africa: socioeconomic implications and policy response”. Paris: OECD, 2020. [online]. Disponível em: https://www.oecd.org/coronavirus/policy-responses/covid-19-and-africa-socio-economic-implications-and-policy-responses-96e1b282/

UN (2019) – “World economic situation and prospects 2019”. WESP2019_Book-TOC. New York: United Nations, 2019 [online]. Disponível em: https://www.un.org/development/desa/dpad/publication/world-economic-situation-and-prospects-2019/

UNIDO (2020) – “Covid-19 effects in sub-saharan and what local industry and governments can do”. Viena: United Nations Industrial and Development Organization (UNIDO) April 2020. [online]. Disponível em: https://www.unido.org/news/covid-19-effects-sub-saharan-africa-and-what-local-industry-and-governments-can-do

WORLD BANK (2020a) – “Nigeria-releases-new-report-poverty-and-inequality-country”. Washington DC: World Bank Group [online]. Disponível em: http://surveys.worldbank.org/blogs/nigeria-releases-new-report-poverty-and-inequality-country

WORLD BANK (2020b) – “Sub-Saharan Africa coronavirus crises calls for policies for greater resience”. Washington DC: World Bank Group April 9, 2020 [online]. Disponível em: https://www.worldbank.org/en/region/afr/publication/for-sub-saharan-africa-coronavirus-crisis-calls-for-policies-for-greater-resilience?cid=afr_tt_wbafrica_fr_ext

Bibliografia

BARROS, Manuel Agostinho (2013) – “O Golfo da Guiné e a segurança energética global: oportunidades e desafios subjacentes à região”. In Revista Lusíada de Política Internacional e Segurança n.º 9. Lisboa: Universidade Lusíada Editora.

Publicado

2021-09-21

Como Citar

Agostinho Barros, M. (2021). África entre crises e a oportunidade de reposicionar-se no sistema internacional. Lusíada. Política Internacional E Segurança, (17-18), 125–143. https://doi.org/10.34628/fx7t-gb83

Edição

Secção

Artigos