N. 15 (2012)

					Ver N. 15 (2012)

Toda a experiência do desenvolvimento económico prova hoje que o management constitui o fenómeno motor. Como afirmou Peter Ducker “não há países subdesenvolvidos, mas somente países subgeridos”. Para se manterem competitivas, as empresas tendem a evoluir progressivamente para formas de organização mais globais, com uma especial preocupação no que respeita à proliferação de novas tecnologias, ao aumento substancial da qualidade e à maior variabilidade da procura. Este quadro geral conduziu a novos paradigmas organizacionais, caracterizados por uma maior concentração das empresas nas suas core competencies e pelo estabelecimento de redes de cooperação e colaboração com entidades externas, desde fornecedores a clientes. As actividades de coordenação e colaboração assumem naturalmente uma enorme importância, conduzindo consequentemente a desafios de grande complexidade.

Publicado: 18-02-2014
ISSN: 1645-6750
e-ISSN: 2183-3044
Editora: Universidade Lusíada Editora