Welfare State and the third sector: The new portuguese management and financing model for the social answers

Sofia Cheis Gil

Resumo


A aposta de Portugal, enquanto membro integrante, e integrado na União Europeia coloca novos desafios de desempenho económico, social e financeiro, elevando os níveis de exigência, nomeadamente no que concerne à compatibilização dos interesses de ordem humana, com a produtividade. Efectivamente, os padrões de qualidade que legitimamente o pais exige às instituições do terceiro sector, e que prestam serviços sociais, não poderão constituir um sistema pautado pela dignidade, se não for possível alicerça-los num conjunto de procedimentos coerentes e coesos, e num modelo de financiamento justo e compreensível. Desta forma, é imperativa a adopção de novos modelos de gestão, ferramentas estratégicas cuja operacionalização assegure um desenvolvimento social e economicamente sustentável. Trata-se de propor um desfio aos parceiros da cooperação - Estado e instituições do terceiro sector [1], no sentido de promover a reflexão sobre o seu:

  • Ambiente estratégico: promover a articulação de actividades em cada Respostas Social que perpetuam o tradicional afecto, e o conciliam com uma nova dinâmica de gestão, valorizando o rigor, a inovação e a exigência;
  • Ambiente operacional: Sem pretender transferir para o Estado o ónus de suportar as ineficiências de gestão do terceiro sector, é justo que se exijam aos governos, aos utentes e às famílias, o financiamento adequado para a prestação de um serviço que vigia de perto os mais elementares princípio de equidade [2], e de justiça social [3]. Na investigação que nos propomos objectivamente realizar, pretendemos averiguar a mais - valia de um modelo de gestão que enquadre a relação financeira do terceiro sector com o Welfare State [4], enquanto instrumento de monitorização e controlo que assegure em paralelo, a prestação de um serviço de qualidade em cada Resposta Social, e a sustentabilidade da rede social nacional.

 

Palavras-chave: Alocação de custos; Estado do bem-estar; Respostas Sociais; Sistema de Custeio; Sustentabilidade; Terceiro Sector.

 

Portugal is finding experiencing a demand to meet European Union’s economical, social and financial standards. As a member state, by adhering to these standards, which are focused on productivity, and still managing to balance human interests, this means a challenge. The traditional system demands that the unlucrative social service institutions adhere to an empirical method to decide on the public financing for the social service users, to customize and protocol social and educational answers services. Hence, when the social and educational system lacks a solid, integrated and fair financing model to provide useful information for managerial decision making, new management models, and new strategic planning tools are an imperative. The new account costing system that we propose, with multiple cost objects, allocates costs to homogeneous cost centers -Social and Educational Answers Services- with balanced guide criteria, build simultaneously with the theory, and with quotidian unlucrative institutions practice. In the research that we intend to carry out, we pretend to check and evaluate the added value of a management model, as a new approach of the cost allocation methods, to the social and educational environment, to improve efficiency and provide a compoundable “fair price” that brings social justice. At the same time, it promotes and nourishes educational and social service quality in each service need, and the economic sustainability of the national educational and social network.

 

Key-words: Cost allocation; Welfare State; Social Answers; Account costing system; Sustainability; Third Sector.

 


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica | Universidades Lusíada, 2004-2019
Universidade Lusíada Editora
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt