A transposição de demonstrações financeiras expressas em moeda estrangeira

Ricardo Pinheiro

Resumo


As empresas e grupos de empresas nacionais estão a expandir, crescentemente, os seus investimentos e actividades para além fronteiras, realizando cada vez mais investimentos financeiros em países estrangeiros. A existência de investimentos financeiros em empresas no estrangeiro dá origem à apresentação de demonstrações financeiras expressa na moeda local, que em muitos casos e diferente da moeda utilizada nas demonstrações financeiras de empresas ou grupos de empresas de que fazem parte. Com este artigo analisamos os efeitos da transposição dessas demonstrações
financeiras expressas em moeda estrangeira, bem como as metodologias de execução do processo de transposição, no âmbito das obrigações de relato financeiro de uma empresa ou grupo de empresas "corporate reporting".

 

Portuguese companies and groups of companies are increasing their investments and actvities in other countries, including an increase in financial investments abroad. The existence of financial investments in foreign companies gives rise to the presentation of financial statements in foreign currencies, which in many cases is differentfrom the currency used in the financial statements of the holding companies. In this article we analyse the effects of the translation of financial statements in foreign currencies and the methodologies used in theprocess of this translation, in the context of corporate reporting requirements of such companies or groups of companies.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica | Universidades Lusíada, 2004-2019
Universidade Lusíada Editora
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt