As finanças locais enquanto instrumento do desenvolvimento económico

Autores

  • António Rebelo de Sousa

Resumo

Pretende-se, no presente artigo, sublinhar a relevância do poder local - e, mais especificamente, das finanças locais - para a implementação de um modelo consistente de desenvolvimento económico. Procura-se, ainda, defender a indispensabilidade de uma Política de Ordenamento do Território, da elaboração de Planos Indicativos Regionais e Sectoriais e da seleção dos sectores estratégicos nacionais, tendo em vista a concretização de medidas de incentivo viabilizadoras de um modelo consistente de desenvolvimento e de internacionalização da economia portuguesa, com aproveitamento de vantagens competitivas dinâmicas. Conclui-se com a apresentação de propostas alternativas, no quadro de uma política de rigor orçamental e das negociações em curso com a “troika”.

Downloads

Publicado

18-02-2014

Como Citar

Sousa, A. R. de. (2014). As finanças locais enquanto instrumento do desenvolvimento económico. Lusíada. Economia E Empresa, (15), 143–157. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/lee/article/view/509

Edição

Secção

Vários