Comprometimento organizacional como determinante da voz: um estudo de mediação e moderação

Autores

  • Ana Nascimento Sabino Universidade Técnica de Lisboa
  • José Luís Nascimento Universidade Técnica de Lisboa
  • Albino Anjos Lopes Universidade Técnica de Lisboa

Resumo

Pretendeu-se com o presente estudo verificar a influência de mediação que a satisfação com o trabalho e a lealdade exerciam na relação de determinação das três componentes do comprometimento organizacional sobre a voz. Com base no modelo proposto foi estudado a influência exercida pela componente normativa do comprometimento organizacional através do perfil Dever Moral e do perfil Obrigação por Dívida. Os resultados sugerem que a voz é determinada negativamente pela componente calculativa do comprometimento organizacional. Por outro lado a satisfação com o trabalho, quer a lealdade exerceram um papel mediador na relação de determinação do comprometimento organizacional na voz. Por fim, os perfis utilizados determinaram alterações nas relações entre as variáveis persentes no modelo. Foram discutidas as implicações desses resultados.

Palavras-chave:

Comprometimento organizacional, Voz, Satisfação com o trabalho, Lealdade, Lealdade, Perfil dever moral, Perfil obrigação por dívida

Downloads

Publicado

17-02-2014

Como Citar

Sabino, A. N., Nascimento, J. L., & Lopes, A. A. (2014). Comprometimento organizacional como determinante da voz: um estudo de mediação e moderação. Lusíada. Economia E Empresa, (16), 125–148. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/lee/article/view/473

Edição

Secção

Dissertações e teses