Dinâmica do emprego, remuneração e produtividade na economia do consumo

Autores

  • Ana Maria da Silva Lourenço Paiva Universidade Aberta
  • João de Sousa Mendes Universidade Lusíada de Lisboa
  • José Eduardo dos Santos Soares Carvalho Universidade Lusíada de Lisboa
  • Rui Lanção Gonçalves Mestre em Economia pela Universidade Lusíada de Lisboa

Resumo

Este é o primeiro estudo do projecto Dinâmica do Emprego, Remuneração e Produtividade na Economia do Consumo (DERPEC) com o propósito de criar um sistema de informação da performance da população empregada no universo das maiores empresas do tecido económico português, com relevância nas actividades ligadas ao consumo. A produtividade e o desempenho das organizações empresariais são cada vez mais influenciados pela performance das pessoas que nelas trabalham, ou seja, pelas competências, motivação e esforço do factor humano. Consequentemente, é lógico admitir a importância que reveste para as organizações a disponibilidade, sistemática e contínua, de informação económica do emprego, remuneração e produtividade no tecido empresarial. Com este propósito o estudo faz a análise detalhada do universo empresarial português cobrindo nove agregados setoriais. Construiu-se um modelo conceptual sobre o consumo, o emprego, a remuneração do trabalho e a produtividade. Por último, apresenta-se a performance dos diferentes agregados sectoriais considerados.

Palavras-chave:

Emprego, Produtividade, Remuneração, Economia, Salário, Consumo

Downloads

Publicado

17-02-2014

Como Citar

Paiva, A. M. da S. L., Mendes, J. de S., Carvalho, J. E. dos S. S., & Gonçalves, R. L. (2014). Dinâmica do emprego, remuneração e produtividade na economia do consumo. Lusíada. Economia E Empresa, (16), 41–72. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/lee/article/view/468

Edição

Secção

Dossier temático