A floresta é uma oportunidade estratégica para desenvolver o interior de Portugal

Autores

  • Ruben Raposo Professor da Universidade Lusíada de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.34628/0bt1-6v97

Resumo

O Interior de Portugal Continental abrange a maioria do território de Portugal Continental ao incluir 165 municípios e 73 freguesias de outros municípios (Portugal Continental é constituído por 278 municípios). O Interior detém 80% do território e corresponde a 20% da economia, do PIB, da população e das empresas. O Interior é envelhecido e despovoado. As alterações climáticas são uma ameaça séria para Portugal. A agricultura é uma oportunidade estratégica para resolver a ameaça das alterações climáticas, puxando pelo desenvolvimento do Interior de Portugal.

Palavras-chave:

Interior, Floresta, Alterações climáticas, Oportunidade estratégica

Referências

BAPTISTA, F.; SANTOS, R. T. (2005). “Os proprietários Florestais”, Celta Editora.

BEIRES, R.; AMARAL, J.; RIBEIRO, P. (2013). “O Cadastro e a Propriedade Rústica em Portugal”, Fundação Francisco Manuel dos Santos.

BRINGE, P. (2017), “Ordenamento Florestal ou Ordenamento Territorial” in Economia da Floresta e Ordenamento do Território. Conselho Económico e Social.

CADILHE, M. (2018), “As Razões do Interior e o Regime Contratual do Investimento” in Cadernos de Economia Out/Dez 2018 “O Interior Resiste”.

CAMARGO, J.; CASTRO, P. P. (2018), “Portugal em Chamas. Como Resgatar as Florestas”. Bertrand Editora.

CONFRARIA, J. (2021), “Em 18 anos, Lisboa empobreceu e o Algarve, o Norte e o Centro enriqueceram”, entrevista ao Jornal Público (06/11/2021).

FOSS, O.; JUVKAM, D. (2005), “Patterns of demographic ageing and related aspects in

the Nordic Peripheries”, Nordregio Report 2005:2, Stockholm. Instituto Nacional de Estatística.

PEREIRA, J. S. (2014), “O Futuro da Floresta em Portugal”, Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Programa de Transformação de Paisagem, Resolução do Conselho de Ministros n.º49/2020. “Recuperar Portugal, Construindo o Futuro. PRR (Plano de Recuperação e Resiliência)”;

SANTOS, F. D. (2021), “Alterações Climáticas”, Fundação Francisco Manuel dos Santos.

SILVA, F. G. (2015) “O Sector Agroalimentar e Florestal: Uma Agenda para o Desenvolvimento em Portugal” in Reforma do Estado, CIDSENIOR – Movimento para a Cidadania Sénior.

SOUSA, F. F., COSTA, G.; MOREIRA, R. (2021), “Balada da Média Virtude”, Ideias de Ler, Porto Editora.

Publicado

31-03-2022

Como Citar

Raposo, R. (2022). A floresta é uma oportunidade estratégica para desenvolver o interior de Portugal. Lusíada. Economia E Empresa, (31), 147–174. https://doi.org/10.34628/0bt1-6v97

Edição

Secção

Artigos