Impacto do Covid-19 no risco setorial em Portugal: uma análise a partir de um indicador multicritério de risco

Autores

  • Miguel Coelho Professor Auxiliar da Universidade Lusíada de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.34628/6wyc-fp31

Resumo

Covid 19 – Impacto no Risco Setorial em Portugal.

A crise de saúde pública originada pelo Covid-19 teve efeito severo sobre a atividade económica, com o PIB português a cair em 2020 cerca de 8,4%, com o comportamento dos diversos setores de atividade a revelar-se heterogéneo.

Neste contexto, e para avaliar essa diversidade de comportamento setorial, pretende-se com este artigo apresentar dois indicadores sintéticos de risco setorial que integrem um conjunto de variáveis de risco setorial.

Assim, e tendo por base a metodologia multicritério, nomeadamente o método aditivo simples (Simple Additive Method – SAW), foram desenvolvidos dois indicadores sintéticos de risco que permitem, por um lado, avaliar a evolução inter-temporal do risco de um setor de atividade (Indicador de Risco Absoluto – IRA) e, por outro lado, analisar o posicionamento relativo de um setor face a outro em matéria de risco (Indicador de Risco Relativo - IRR).

Os resultados obtidos, permitem-nos concluir que na generalidade dos setores de atividade o risco aumentou claramente entre 2019 e 2020, tendo-se observado ainda uma alteração do posicionamento relativo (em termos de risco) de cada um dos setores.

Na realidade, apenas no setor B (Indústria Extrativa) e E (Captação, Tratamento e Distribuição de Água) se registou uma redução do risco em 2020 face a 2019, sendo que só no primeiro setor (B) se registou, simultaneamente, uma melhoria do risco relativo e do risco absoluto.

Referências

CHEN, S.; HWANG, C. (1992), Fuzzy multiple attribute decision making – methods and applications. Springer–Verlag, Berlin.

HWANG, C.; YOON, K (1981), Multiple attribute decision making: methods and applications. Lecture Notes in Economics and Mathematical Systems, 186, Springer-Verlag, New York.

HWANG, C.; YOON, K ( (1995), Multiple attribute decision making: an introduction. London: Sage Publications.

MCCRIMMON, K. (1968), Decision making among multi-attribute alternatives: a survey and consolidation approach. Rand Memorandum, RM_4823 – ARPA.

PUSKA, A.; BEGANOVIC, A.; SADIC, S. (2018), Model for Investment Decision Making by Applying The Multi-Criteria Análysis Method. Serbian Journal of Management, 13 (1) (2018), 7-28.

VOMMI, V.; KAKOLLU, S. (2016), A simple approach to multiple attribute decision making using loss functions. Springer.

Publicado

31-03-2022

Como Citar

Coelho, M. (2022). Impacto do Covid-19 no risco setorial em Portugal: uma análise a partir de um indicador multicritério de risco. Lusíada. Economia E Empresa, (31), 129–146. https://doi.org/10.34628/6wyc-fp31

Edição

Secção

Artigos