O pensamento de Landes perante a obra de Weber: breve reflexão

Autores

  • Carlos Barracho

DOI:

https://doi.org/10.34628/42fk-z662

Resumo

Procura-se relembrar as teses de Weber sobre o papel do protestantismo e, em particular, do calvinismo na origem do capitalismo, salientando-se que Landes defende que “nem a nível empírico, onde os registos mostram que os mercadores e os manufatureiros protestantes desempenharam um papel de líderes no comércio, na finança e indústria, se pode anular a importância” do pensamento weberiano. Conclui-se afirmando que “o processo educacional pode ser responsável pelo sucesso dos indivíduos, devido à necessidade de realização pessoal que se traduz no desejo de se ser bem-sucedido”, o que explicaria o que se designa de “incremento económico dos sujeitos”, o que, por sua vez, permitiria o desenvolvimento do “espírito do capitalismo”.

Palavras-chave:

Weber

Referências

Aron, R. (1992). As Etapas do Pensamento Sociológico. Lisboa: Dom Quixote.

Barracho, C. (2012). Psicologia Política. Lisboa: Escolar Editora.

Barracho, C. (2008). Poder, Autoridade e Liderança. Lisboa: Edições Lusíada.

Fergunson, N. (2011). Civilização – O Ocidente e os Outros. Lisboa: Editora Civilização.

Fergunson, N. (2012). Império – Como a Grã-Bretanha construiu o mundo moderno. Lisboa: Editora Civilização.

Lopez, A. R. (2012). Ernest Gellner’s functionalist approach to nationalism: a criticismo. Revista Diacrítica, vol. 26, nº 2, Braga

Giddens, A. (2011). Capitalismo e moderna teoria social. Lisboa: Editorial Presença.

Giddens, A. (1992). As consequências da modernidade. Oeiras: Celta Editora.

Ghosh, P. (2018). O que Max Weber quis dizer com o “espírito do capitalismo”? Nexo Jornal. [Em Linha], 16 de junho. Disponível na Internet em: https://www.nexojornal.com.br/externo/ 2018/06/16/O que Max Weber quis dizer com o espírito do capitalismo.

Grossein, J-P. (2000). Présentation. In: Max Weber. Sociologie des religions, pp: 51-129. Paris: Gallimard-

Landes, D. (1999). A Riqueza e pobreza das nações: Porque umas são tão ricas e outras tão pobres. Lisboa: Gradiva.

McCleland, D. C. (1961). The Achieving Society. Princeton: D. Van Nostrand Company.

Marcuse, H. (2011). O Homem Unidimensional. Lisboa: Letra Livre.

Page, M. (2012). A Primeira Aldeia Global – como Portugal mudou o Mundo. Lisboa: casa das Letras.

Stark, R. (2014). O Triunfo do Ocidente. Lisboa: Guerra & Paz.

Weber, M. (1990). A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo. Lisboa: Editorial Presença.

Weber, M. (1991). Economia e Sociedade. Brasília: Editora Universidade de Brasília.

Weber, M. (1996). Sociologie des Religions. Paris: Gallimard.

Publicado

24-08-2021

Como Citar

Barracho, C. (2021). O pensamento de Landes perante a obra de Weber: breve reflexão. Lusíada. Economia E Empresa, (29), 107–117. https://doi.org/10.34628/42fk-z662

Edição

Secção

Artigos