Malthus e os 200 anos do princípio da procura efectiva

Virgílio Rapaz

Resumo


Pergunta: que economista está associado ao chamado princípio da procura efectiva? Julgamos que a resposta mais imediata, mais comum, será Keynes. Todavia, a verdade é que o próprio atribui, correctamente, o mérito a Malthus. Esta curta Efeméride de divulgação visa reparar essa recorrente “injustiça histórica”.

Com efeito, faz agora 200 anos que Malthus (1820, Pg. 417) escreveu: “General wealth will always follow effective demand”. Essa postura contrariava a posição mais aceite na época: caso do seu amigo e tantas vezes opositor, Ricardo, seguidor da “loi des débouchés” de Say (1803). Sintetizando: como factor explicativo do desempenho da economia, Malthus (e Keynes) privilegia a procura, Say (e Ricardo) a oferta.

Este, ainda antes da publicação da versão francesa de Malthus (1820), endereçou-lhe uma carta pública (Say, 1820), reafirmando a validade da sua lei, “les produits s´echangent contre des produits” (com reminiscências de Lavoisier), fundamentada em argumentos igualmente dirigidos às críticas do socialista Sismondi (1819). (...)


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica | Universidades Lusíada, 2004-2020
Universidade Lusíada Editora
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt