Towards an Asian-Pacific or Atlantic Century?

Ana Luísa Pinto, Miguel Fonseca, Rui Henrique Alves

Resumo


This paper aims to study whether the 21st century will be an Atlantic or an Asian-Pacific century. Indeed, the literature has been studying the reshaping of the world economy, motivated by the impressive economic growth of Asian countries observed in the last decades. As the main researchers have focusing on this problematic in a West versus Asia perspective, our main contribution is to give a different perspective, comparing the Atlantic with Asia-Pacific and, therefore, finding out the main features of each region.

To do so, we identified the major trends on literature review, and through a quantitative analysis we describe the evolution in the period 1990-2018, using proxies for both regions. This analysis is mainly based on economic indicators, but we also analyse the political field.

From a strengths and weaknesses analysis for each region, we were able to conclude that the Atlantic, despite including south emerging economies, has been losing its economic centrality. Nevertheless, an Asian-Pacific century is still uncertain, even though more probable than Atlantic’s. Although being the biggest economically region, the major FDI attractor and outward investor, as well as an increasingly relevant partner on merchandise trade, Asia-Pacific still faces some challenges regarding its soft power, influence in global governance and human development.


Este artigo pretende estudar se o século XXI será do Atlântico ou da Asia-Pacifico. A literatura tem vindo a estudar a transformação ocorrida na economia mundial, motivada pelo impressionante crescimento económico dos países asiáticos nos últimos anos. Uma vez que a investigação se tem focado na perspetiva do Ocidente vs. Ásia, o nosso principal contributo é apresentar uma perspetiva diferente, onde comparamos o Atlântico com a Ásia-Pacífico, com vista a descobrir os principais atributos de cada região.

Assim sendo, após uma breve revisão da literatura, recorremos a uma análise quantitativa para descrever a evolução no período de 1990-2018, utilizando proxies para as duas regiões consideradas, baseando-nos sobretudo em indicadores económicos, embora recorrendo igualmente a indicadores políticos.

A partir de uma análise das forças e fraquezas de cada região, conclui-se que o Atlântico, ainda que incluindo as economias emergentes do Sul, está a perder a sua centralidade económica. No entanto, um século da Asia-Pacífico é ainda incerto, ainda que mais provável que do Atlântico. Apesar de ser a principal região económica, de constituir o maior recetor de IDE e investidor no exterior, tal como um parceiro crescentemente relevante no comércio mundial de mercadorias, a Ásia-Pacífico enfrenta alguns desafios em termos de soft power, da influência na liderança global e do nível de desenvolvimento humano.


Keywords / Palavras-chave:

Atlantic Century; Asian-Pacific Century; Economic shift; World economy; Politics.

Século do Atlântico; Século da Ásia; Mudança económica; Economia mundial, Política.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica | Universidades Lusíada, 2004-2020
Universidade Lusíada Editora
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt