As ideias fisiocráticas em Portugal

José Esteves Pereira

Resumo


O interesse pelos assuntos relacionados com a agricultura em Portugal e o seu valor económico nas últimas três décadas do século XVIII contrasta com as posições de teor mercantilista da governação pombalina. Entretanto, com a publicação das Memórias Económicas da Academia Real das Ciências de Lisboa, entre 1789 e 1815, deparamos com aspetos fundamentais que ilustram um ideário de sentido fisiocrático em que perpassa não tanto uma discussão teórico-doutrinal mas, pelo contrário, um discurso em que está presente a preocupação crescente pelas atividades produtivas e a elaboração de estudos monográficos em que se detetam carências estruturais e se apontam soluções. À margem do memorialismo económico referido deve salientar-se, ainda, as reflexões económicas produzidas por José Joaquim de Azeredo Coutinho (1742-1821) e a obra do jurista Joaquim José Rodrigues de Brito (1753-1831) intitulada Memórias Políticas sobre as verdadeiras bases da grandeza das nações e principalmente de Portugal( 1803-1805) texto de claro pendor fisiocrático onde o autor procura articular economia e legislação.


The interest in agriculture-related issues in Portugal and its economic value in the last three decades of the eighteenth century contrasts with the positions of the pombaline mercantilism. However, with the publication of Memórias Económicas da Academia Real das Ciências de Lisboa (Economic Memories of the Royal Academy of Sciences of Lisbon) between 1789 and 1815, we come across fundamental aspects that illustrate an idea of a physiocratic thought not developed in the sense of a theoretical and doctrinal discussion but ,on the contrary, promoting a discourse in which there is a growing concern for productive activities discused on monographic studies in which structural deficiencies are detected and solutions are pointed out. In addition to the mentioned economic memorialism we must consider the reflections produced by José Joaquim de Azeredo Coutinho (1742-1821) and the work of the jurist Joaquim José Rodrigues de Brito (1753-1831) entitled Memórias Políticas sobre as verdadeiras bases da grandeza das nações e principalmente de Portugal (1803-1805) Political Memories on the true bases of greatness of nations and especially of Portugal (1803-1805) of physiocratic content where the author seeks to articulate economy and legislation.


Palavras-chave / Keywords:

Fisiocracia, Agrarismo, Memorialismo económico, Legislação.

Physiocracy, Agrarianism, Economic memorialism, Legislation.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica | Universidades Lusíada, 2004-2020
Universidade Lusíada Editora
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt