A política monetária não convencional como indicador avançado das cotações cambiais

Autores

  • Pedro Gomes Rodrigues

Resumo

O objetivo desta nota é mostrar que, entre Março 2014 e Dezembro 2017, no âmbito de uma política monetária não convencional, a informação sobre a compra e venda de ativos por vários bancos centrais foi um indicador avançado das respetivas cotações cambiais. Apresenta-se um algoritmo que determina a estratégia de negociação cambial a seguir para o prazo de um mês, e que no período de simulação em análise gerou mais-valias para os principais pares em mais de 60% dos casos. Dada a elevada dimensão dos balanços, que persiste atualmente, e dado que está em curso um processo de normalização dos mesmos que durará vários anos, a diferentes ritmos, consoante o banco central em causa, tudo leva a crer que o algoritmo aqui apresentado muito provavelmente continue válido.

Palavras-chave:

Política monetária não convencional, Quantitative easing, Cotação cambial

Downloads

Publicado

03-08-2018

Como Citar

Rodrigues, P. G. (2018). A política monetária não convencional como indicador avançado das cotações cambiais. Lusíada. Economia E Empresa, (24), 131–141. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/lee/article/view/2558

Edição

Secção

Artigos