Redução e envelhecimento do emprego público em Portugal no início do século XXI: que consequências esperar?

Autores

  • César Madureira

Resumo

O artigo pretende refletir sobre a evolução do emprego público em Portugal ao longo da primeira década e meia do século XXI, dando relevo ao período em que se cumpriu o Memorando de Entendimento com a Troika. Para além da reflexão teórica, o estudo socorreu-se de dados estatísticos tendo em vista ilustrar a tendência de redução dos trabalhadores públicos. Conclui-se que, fruto do paradigma managerialista e dos constrangimentos orçamentais, a diminuição do emprego público foi muito expressiva, verificando-se, a par disto, um envelhecimento acentuado dos trabalhadores. Estes fatores podem concorrer para pôr em perigo o Estado Social assim como os seus alicerces.

Palavras-chave:

Emprego público, Managerialismo, Troika, Envelhecimento, Redução, Estado Social

Downloads

Publicado

03-08-2018

Como Citar

Madureira, C. (2018). Redução e envelhecimento do emprego público em Portugal no início do século XXI: que consequências esperar?. Lusíada. Economia E Empresa, (24), 57–75. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/lee/article/view/2554

Edição

Secção

Artigos