Um instrumento de financiamento do desporto

Autores

  • Fernando Tenreiro

Resumo

O desporto português tem um subfinanciamento público que se tornou crónico. O artigo assume a ineficiência económica da Lei de Bases da Atividade Física e do Desporto e propõe um instrumento de financiamento público criado a partir do valor acrescentado desportivo produzido pelo desporto português. Em primeiro lugar, a gestão operacional determina a estrutura da produção do desporto. Em segundo lugar, o financiamento público é indexado ao valor acrescentado desportivo produzido incluindo os impactos gerados de forma direta, indireta e induzida no bem-estar nacional. Em terceiro lugar, a reforma da política permite funções de regulação privadas do COP e de regulação pública do Governo.

Palavras-chave:

Desporto, Capital Humano, Externalidades, Valor económico, Financiamento público

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

Tenreiro, F. (2017). Um instrumento de financiamento do desporto. Lusíada. Economia E Empresa, (22), 145–165. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/lee/article/view/2444