Família, trabalho, remuneração e trabalho a tempo inteiro.Valores sociais e valores do trabalho no desemprego: um estudo junto de desempregados no sul de Portugal

Isabel Marçano

Resumo


Este artigo apresenta resultados de pesquisa sobre os valores sociais e valores do trabalho no desemprego em Portugal. Muito especialmente, questiona-se a centralidade do trabalho na vida de quem perdeu o emprego, bem como, os sentidos de envolvimento no trabalho. Esta reflexão é feita a partir da análise de dados recolhidos em inquérito por questionário em dois momentos de inquirição (2005/06 e 2014) a duas amostras de 300 pessoas cada (150 homens e 150 mulheres) nos concelhos de Alcácer do Sal, Amadora, Cascais, Lisboa, Oeiras e Sintra. Face à semelhança de resultados serão apresentados apenas os dados relativos a 2005/06. A parecença dos dados obtidos nos dois momentos de inquirição levam a concluir estarmos perante uma tendência de regularidade nas respostas obtidas no período de quase uma década. Os dados do inquérito foram complementados com análise qualitativa por via de entrevistas a fim de aprofundar resultados. As conclusões apontam para: a vitalidade dos valores sociais “família” e “trabalho”, a importância do salário como valor central relativo ao trabalho, a valorização do trabalho a tempo inteiro, o trabalho como criador de uma comunidade de relações sociais e afectivas, junto da população desempregada inquirida em 6 concelhos. Encontram-se ainda algumas diferenças em função do sexo, idade e escolaridade.


This article presents results on social values and work values research in unemployment in Portugal. In particular the centrality of work wonders in the lives of those who lost employment, as well as the involvement of meaning at work. This reflection is made from the analysis of data collected in the questionnaire survey in two phases of inquiry (2005/06 and 2014) the two samples of 300 people each (150 men and 150 women) in the municipalities of Alcácer do Sal, Amadora, Cascais, Lisbon, Oeiras and Sintra. Given the similarity of results will be presented only the data for 2005/06. The resemblance of the data obtained in the two moments inquiry lead to the conclusion that we are facing a trend of regularity in the responses obtained in the period of almost a decade. The survey data were supplemented with qualitative analysis through interviews in order to enhance results. The findings point to: the vitality of social values “family” and “work “, the importance of wages as a central value of the work, the appreciation of the full-time job, work as creator of a community of social and affective relationships together the unemployed population surveyed in 6 municipalities. Some differences according to sex, age and education were found.

 

Palavras-chave / Keywords

Emprego, Desemprego, Valores sociais, Valores do trabalho.

Employment, Unemployment, Social values, Work values.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Universidade Lusíada Editora
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt