Turismo de golfe em Portugal: bases para a realização de um plano estratégico

Filipa Centeno Dias Andrade, Mário Guerreiro Antão

Resumo


Este estudo pretende descrever e analisar, no panorama do turismo em Portugal, o papel do turismo de golfe. Nos últimos anos o golfe tem tido um importante papel na redução da sazonalidade do sector do turismo em Portugal. Enquanto a maioria dos turistas visitam o país na época alta (Maio a Setembro), os golfistas marcam presença durante todo o ano, com especial enfoque nos meses de Setembro a Novembro e de Março a Maio.

Apontado no Plano Estratégico Nacional de Turismo (PENT) (PENT 2012), como um dos dez produtos estratégicos, os quais devem ser valorizados para a melhoria da qualidade e do volume de negócios do sector turístico, o golfe português deve, segundo o referido documento, “Incentivar a promoção do Algarve como destino de golfe de classe mundial e dar maior visibilidade à área de influência de Lisboa”.

Com o objectivo de desenvolver as bases para um plano estratégico para o turismo de golfe em Portugal foi realizado um inquérito a uma amostra de indivíduos representativos dos jogadores nacionais e estrangeiros que aqui praticam a modalidade. O estudo envolveu 290 inquéritos aplicados a nacionais e 101 a estrangeiros.

As conclusões mostram que os aspectos mais valorizados, quer positiva quer negativamente pelos dois grupos estudados, nem sempre estão em linha com o definido no PENT, quer por este não ter aprofundado este subsector com detalhe, quer porque, em determinados aspectos, os resultados obtidos com o tratamento da informação recolhida diferem dos pressupostos assumidos no referido documento. Tendo em conta os resultados obtidos, deixam-se aquilo que se consideram ser as bases para a realização de um Plano estratégico para o turismo de golfe em Portugal.


This study aims to describe and analyse the role of golf tourism in the larger panorama of tourism in Portugal. In recent years golf has played an important role in the seasonality of the tourism sector in Portugal. While most tourists visit the country in the high season (May to September), golfers appear throughout the year, with special focus in the months of September to November and March to May.

Pointed out in the National Strategic Plan for Tourism (PENT) (PENT 2012), as one of the ten strategic products, which must be valued to improve the quality and increase the growth of the hospitality sector, the Portuguese golf tourism should, according to that document, “Encourage promoting Algarve as a world class golf destination, and give greater visibility to the Lisbon area.”

In order to develop the basis for a strategic plan for the golf tourism in Portugal a survey was carried out to a sample of individuals representative of domestic and foreign players. The study involved 290 surveys made in the domestic market and 101 on the foreign markets.

The findings show that the most valued aspects, either positively or negatively by the two groups, are not always in line with the ones defined in PENT, either because this sub-sector was not studied in depth, or because in certain respects, the result treatment made on this study differ from the ones made on PENT. Taking into account the results, a base foundation for the construction of a strategic plan for the golf based tourism in Portugal is presented.

 

Palavras-chave / Keywords

Turismo, Golfe, Planeamento estratégico, Portugal.

Tourism, Golf, Strategic planning, Portugal.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica | Universidades Lusíada, 2004-2019
Universidade Lusíada Editora
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt