[1]
L. B. Rodrigues, «A proibição das organizações fascistas enquanto auto-ruptura constitucional desconforme com o direito internacional», LD, n. 8/9, pp. 109–142, Mar. 2014.