Constituição como arguido e segredo de justiça.

Autores

  • Jorge Malhado

Resumo

Neste estudo são analisados os novos regimes processuais penais do segredo de justiça e da constituição de arguido, bem como as questões colocadas pela aplicação conjugada destes mesmos regimes.

Downloads

Publicado

2014-02-18

Como Citar

Malhado, J. (2014). Constituição como arguido e segredo de justiça. Lusíada. Direito, (6), 33–47. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/ldl/article/view/494

Edição

Secção

A. Colóquio sobre a Reforma do Processo Penal (17 de Novembro de 2007)