Direitos humanos e historicidade. Uma problematização a partir da filosofia de Gilles Deleuze.

Autores

  • Leonardo Crespo de Almeida

Resumo

O objetivo do presente artigo consiste em investigar, no contexto da filosofia de Gilles Deleuze, possíveis elementos que nos auxiliariam a pensar os direitos humanos e os seus problemas. Parte inicial das dificuldades de nossa leitura consiste nas considerações que o autor faz no tocante à própria relevância dos direitos humanos para a transformação de circunstâncias específicas e resolução dos problemas das comunidades em particular. Em outras palavras, correm o risco de serem apenas abstrações destituídas de consequências normativas significativas. Entretanto, intérpretes como Alexandre Lefebvre e Paul Patton apontaram elementos, sobretudo nas obras tardias do autor, que abrem espaço para cogitarmos uma filosofia política atravessada por inclinações utópicas. A ideia central deste trabalho consiste em afirmar que seria viável, através dessa filosofia política observada na obra do autor, conceber os direitos humanos como manifestações imanentes de um devir histórico ao invés de elementos jurídicos transcendentes que se sobreporiam às múltiplas instâncias particulares abertas por esse devir.

Palavras-chave:

Deleuze, Direitos Humanos, Historicidade, Imanência

Referências

Deleuze, Gilles. Negotiations 1972-1990. Columbia: University of Columbia Press, 1995.

Deleuze, Gilles; Guattari, Félix. 1914 - Um só ou vários lobos? In: DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs, v. 1. São Paulo: Editora 34, 1995.

__________. 1933 - Micropolítica e Segmentariedade. In: DELEUZE, Gilles;

GUATTARI, Félix. Mil Platôs, v. 3. São Paulo: Editora 34, 1996

__________. Introdução: Rizoma. In: DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs, v. 1. São Paulo: Editora 34, 1995.

Douzinas, Costas. Human Rights and Postmodern Utopia. Law and Critique, Netherlands, v. 11, 2000, pp. 219-240.

__________. The End of Human Rights. Oxford: Hart Publishing, 2000.

Lefebvre, Alexandre. Human Rights in Deleuze and Bergson´s Later Philosophy.

In:

__________. The Image of Law: Deleuze, Bergson, Spinoza. Stanford: Stanford University Press, 2008.

Marrati, Paola. Against the Doxa: Politics of Immanence and BecomingMinoritarian. In: PISTERS, Patricia (org). Micropolitics of Media Culture: Reading the

Rhizomes of Deleuze and Guattari. Amsterdam: Amsterdam University Press, 2001. pp. 205-220.

Schuilenburg, Marc. Institutions and Interactions: On the Problem of the

Molecular and Molar. In: SUTTER, Laurent de; MCGEE, Kyle (orgs). Deleuze and Law. Edinburgh: Edinburgh University Press, 2012.

Sutter, Laurent de; McGee, Kyle. (orgs). Deleuze and Law. Edinburgh: Edinburgh University Press, 2012.

Downloads

Publicado

2018-04-10

Como Citar

Almeida, L. C. de. (2018). Direitos humanos e historicidade. Uma problematização a partir da filosofia de Gilles Deleuze. Lusíada. Direito, (16), 63–77. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/ldl/article/view/2520

Edição

Secção

Doutrina