A escola clássica de criminologia. | The Classical School of Criminology.

João Tiago Gouveia

Resumo


O presente artigo inscreve-se no âmbito da História da Criminologia. Partindo do compromisso do Iluminismo perante o conhecimento e dos princípios atinentes ao contrato social e ao utilitarismo clássico, aborda as principais ideias da escola clássica da criminologia no que diz respeito à reforma do sistema penal e à explicação do crime. Para o efeito, recorre sobretudo aos autores mais prominentes daquela escola, Cesare Beccaria e Jeremy Bentham.

This article falls within the scope of the History of Criminology. Starting from the Enlightenment’s commitment to knowledge and from the principles pertaining to the social contract and to classical utilitarianism, it addresses the main ideas of the classical school of criminology with regard to the reform of the penal system and the explanation of crime. To this end, it mainly draws on that school’s most prominent authors, Cesare Beccaria and Jeremy Bentham.


Palavras-chave / Keywords:

História da Criminologia, Escola Clássica, Contrato Social, Utilitarismo, Cesare Beccaria, Jeremy Bentham

History of Criminology, Classicism, Social Contract, Utilitarianism, Cesare Beccaria, Jeremey Bentham.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt