Reflexões sobre a segurança na Europa: a Europol. Da Convenção de 1995 à de 2009

Daniel Tavares da Silva

Resumo


O aumento dos fenómenos terroristas, a crescente organização e internacionalização do crime organizado normalmente usado como forma de financiamento ao terrorismo, os movimentos migratórios recentes de refugiados que, auxiliados por organizações de tráfico humano, procuram a Europa como fuga aos conflitos regionais, criam ameaças de segurança às quais a Europa apenas poderá responder através de uma forte cooperação judicial e policial entre os Estados Membros e com organizações e Estados terceiros. Neste contexto, a EUROPOL pode desempenhar um importante papel de prevenção e repressão.

The increase of terrorist acts, the growing organization and internationalization of organized crime typically used as a form of financing terrorism, the recent migration of refugees wich, aided by human trafficking organizations, seek to Europe as an escape to regional conflicts, create threats security to which Europe can only respond through a strong judicial and police cooperation between Member States and with organizations and third states. In this context, EUROPOL can play an important role in prevention and repression.


Palavras-chave/Keywords:

Terrorismo, Crime organizado, Tráfico de pessoas, Cooperação internacional, Interpol.

Terrorism, Organized crime, Human traffic, International cooperation, Interpol.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt