Estágios do I.S.S.S. no ano letivo 1984/85: levantamento e elementos de caracterização

Autores

  • Francisco José do Nascimento Branco

Resumo

Os estágios têm sido, ao longo dos quase 50 anos de actividade do Instituto, uma componente estrutural da sua política de formação.

Através dos estágios o Instituto tem assegurado a formação prática dos seus estudantes, prestado relevantes serviços a comunidade e mantido um contacto vivo e atualizado com a realidade portuguesa e a experiência profissional dos Assistentes Sociais. (1)

O presente trabalho, tendo por base a experiência do ano letivo de 1984/85, visa sistematizar um conjunto de elementos de caracterização desta componente da formação do ISSS que contribuam para a sua avaliação e comprovar a sua relevante utilidade social traduzida no contributo dos estudantes e professores do Instituto para o desenvolvimento da atividade de um número significativo e diversificado de organizações intervenientes nos domínios da Política Social e Cultural, nomeadamente na área metropolitana de Lisboa.

  1. Caracterização quantitativa global;
  2. Distribuição espacial dos estágios;
  3. Organizações - local de estágio por áreas de atuação;
  4. Inserção institucional e estatuto jurídico das organizações - local de estágio.
  5. Projetos e ações de estágio.

Downloads

Publicado

2014-05-27

Como Citar

Branco, F. J. do N. (2014). Estágios do I.S.S.S. no ano letivo 1984/85: levantamento e elementos de caracterização. Intervenção Social, (2/3), 49–61. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/is/article/view/938

Edição

Secção

A formação/hoje