Acolhimento e Serviço Social: contribuições para o aprimoramento conceitual e interventivo

Claudia Priscila Chupel dos Santos, Regina Célia Tamaso Mioto

Resumo


A literatura sobre o acolhimento, no âmbito da saúde pública brasileira, o define como elemento que reorganiza os serviços, que garante o acesso e que estabelece vínculos. Está subjacente às discussões da integralidade da atenção e da humanização das relações entre profissionais e usuários, dois princípios da política de saúde do Brasil materializados pelo Sistema Único de Saúde - SUS. O estudo objetiva o levantamento e a análise das produções científicas sobre o tema no campo da saúde pública e a identificação da operacionalização do acolhimento na prática do Serviço Social, destacando as suas particularidades em meio ao trabalho das equipas multiprofissionais. A investigação é exploratória, de natureza qualitativa com universo formado por assistentes sociais de hospitais públicos de uma cidade do Sul do Brasil. Os dados demonstram que o acolhimento é parte integrante do processo interventivo dos assistentes sociais e objetiva o acesso aos direitos, à criação de vínculo e a compreensão de elementos da situação que envolve o usuário para fundamentar uma futura intervenção. Porém, considera-se que o tema não é novo para o Serviço Social.


The literature about embracement, within Brazilian public health, defines it as an element responsible for the reorganization of health services, promotion of the guarantee of access and creation of links. It underlies the discussions of the integrality in care and humanization in relation between health employers and users, two principles of the Brazilian health policy, materialized through the Unified Health System - SUS. The objective of this study is bringing to the forefront and analyzing the scientific outputs regarding this theme in the field of public health and to identify the operationalization of embracement in the Social Work practice, highlighting its special features among the interdisciplinary work. The research was exploratory, of a qualitative nature and with a universe formed by social workers, from public state hospitals, located in a city in Southern Brazil. The data shows that embracement is part of the intervention process of social workers and focuses on allowing access to rights, the creation of links and the understanding of elements to plan a future intervention. However, it is considered that the theme is not new for Social Work.

 

Palavras-chave / Keywords

Acolhimento, Saúde pública, Serviço social, Ação profissional.

Embracement, Public health, Social work, Professional intervention.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt