A integração individualizada.Desfasamento entre representações e expectativas de integração no mercado do trabalho social

Autores

  • Carla Pinto
  • Dália Costa

Resumo

Pretendemos com esta cornunicação analisar as implicações do desfasamento entre o contexto sócio-laboral do Serviço Social contemporâneo e as representações e expectativas de inserção profissional de alunos de Serviço Social. Temos por base um estudo sobre representações do mercado de trabalho e expectativas de inserção profissional dos alunos de licenciatura ern Serviço Social do ISCSP/UTL. Foi realizado um inquérito por questionário auto-administrado, por um processo de arnostragem intencional (N=104 alunos de licenciatura do ano lectivo 2007/2008 com uma idade média de 22 anos [18;53], e distribuição por sexo de 8 alunos do sexo masculino e 96 do sexo ferninino).

O actual contexto sócio-laboral do Serviço Social reflecte necessariamente as complexas caracteristicas das sociedades de capitalismo avançado, em transição acelerada de paradigma civilizacional. Salientam-se os processos de atomização dos sujeitos, a "certeza da incerteza", o risco como pano de fundo da vida quotidiana. Face a este contexto, os dados empíricos revelam que os alunos têm uma representação consistente do mercado de trabalho do Serviço Social, caracterizando-o como inseguro e de acesso difícil. Contudo, as suas expectativas de inserção profissional não são negativas, tanto no acesso pessoal ao mercado de trabalho, como na perspectiva de carreira e de autonomia profissional, indicando um desfasamento. Os dados ernpíricos suscitam a hipótese de um processo de adaptação individualista as condições de risco do mercado de trabalho com eventuais efeitos sobre as práticas profissionais.

Palavras-chave:

Representações sociais, Expectativas, Risco, Inserção no mercado de trabalho

Downloads

Publicado

2014-06-24

Como Citar

Pinto, C., & Costa, D. (2014). A integração individualizada.Desfasamento entre representações e expectativas de integração no mercado do trabalho social. Intervenção Social, (35), 155–172. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/is/article/view/1408

Edição

Secção

Painel 2: empreendedorismo social e emprego