O endividamento relativo à habitação, das famílias residentes num bairro social, em lisboa

Autores

  • Marlene Almeida

Resumo

O endividamento relativo à habitação, das famílias residentes no parque habitacional público da cidade de Lisboa, é um fenómeno que afecta mais de 40% dos agregados. Este constitui um dos maiores problemas de gestão da autarquia e um desafio para o Serviço Social. A presente investigação visa melhorar a prática profissional dos assistentes sociais que trabalham num gabinete de bairro da empresa que gere a habitação social de Lisboa. Através desta será obtido um corpo sólido de conhecimentos da realidade social, que optimizará a intervenção profissional junto das famílias com dívida, referente a habitação social. Face ao exposto, o objectivo geral é explorar e descrever os factores que originam o endividamento, relativo à habitação, das famílias residentes no bairro social da Horta Nova, em Lisboa. O endividamento é um fenómeno multifacetado, pelo que optou-se por analisá-lo a partir de variáveis: demográficas, económicas, psicológicas, sociais, habitacionais e institucionais. Para o efeito, foi levado a cabo um estudo exploratório, apoiado numa abordagem qualitativa. Os dados foram obtidos através de entrevistas em profundidade, realizadas a uma amostra constituída por 14 agregados residentes no bairro da Horta Nova. Os dados destas foram tratados através da análise de conteúdo com o auxílio do programa informático Atlas.ti..

Palavras-chave:

Habitação social, Endividamento, Abordagem qualitativa, Investigação em serviço social

Downloads

Publicado

2014-06-05

Como Citar

Almeida, M. (2014). O endividamento relativo à habitação, das famílias residentes num bairro social, em lisboa. Intervenção Social, (38), 135–146. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/is/article/view/1172

Edição

Secção

Artigos