Diversidade ética: assimilação ou multiculturalismo

Autores

  • António Duarte
  • Marta Santos
  • Silvia Grosa

Resumo

A crescente heterogeneidade das sociedades com a intensificação das migrações e das interacções étnicas, a globalização das relações interculturais e os movimentos em favor dos direitos humanos apontam direcções que já não podem ter suporte nos conceitos tradicionais de cultura e de relativismo cultural. O respeito pelo outro diferente é cada vez mais em função do modo como são reconstruídas e modificadas as interacções do que do aprisionamento dos homens nas fronteiras de definições estáticas. Face a estas realidades torna-se indispensável a problematização do conceito de cultura de modo a considerá-la uma elaboração colectiva, em transformação constante, em que a cultura dos imigrantes e das minorias são aspectos específicos a ter em conta nas mudanças das sociedades e dos indivíduos. Valores como dignidade, dignidade, autonomia, responsabilização, para com a sociedade e para consigo próprio, acesso a bens primários e bens públicos, são fundamentais para a elevação da auto-estima do imigrante.

Downloads

Publicado

2014-06-04

Como Citar

Duarte, A., Santos, M., & Grosa, S. (2014). Diversidade ética: assimilação ou multiculturalismo. Intervenção Social, (29), 153–184. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/is/article/view/1154

Edição

Secção

Artigos