Os ciganos e o RMG: direitos sociais e direito à diferença

Autores

  • Francisco José do Nascimento Branco

Resumo

Este artigo privilegia a questão da construção multicultural da igualdade e da diferença elegendo como caso exemplar da problemática pós- moderna da compatibilização dos direitos sociais e dos direitos culturais, a administração do Rendimento mínimo Garantido em Portugal à população de etnia cigana. A tese defendida é a de que o universalismo antidiferencialista que caracteriza a gestão das políticas sociais do Welfare State se constitui como um obstáculo à compreensão das práticas sociais dos beneficiários do RMG de etnia cigana fundadas, essencialmente, numa dinâmica de resistência cultural.

Downloads

Publicado

2014-05-30

Como Citar

Branco, F. J. do N. (2014). Os ciganos e o RMG: direitos sociais e direito à diferença. Intervenção Social, (27), 121–143. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/is/article/view/1077

Edição

Secção

Artigos