O quotidiano do idoso: esperança ou desesperanças?

Autores

  • Maria Ester Vaz

Resumo

O artigo apresenta a síntese de uma pesquisa sobre as políticas sociais para as pessoas idosas no que se refere designadamente aos equipamentos e serviços sociais. Com base nos resultados da investigação empírica, desenvolvida quer em contexto urbano quer em meio rural, sustenta-se a tese de que e necessária interrogar a orientação uniformizadora das respostas sociais neste domínio e que se traduz nomeadamente na institucionalização dos idosos, apontando no sentido de uma diversidade de dispositivos que permitam, de forma mais eficaz, contrariar os sentimentos de auro-depreciação das pessoas idosas e valorizar o seu contributo na vida económica, social e familiar.

Palavras-chave:

Idosos

Downloads

Publicado

2014-05-28

Como Citar

Vaz, M. E. (2014). O quotidiano do idoso: esperança ou desesperanças?. Intervenção Social, (23/24), 193–216. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/is/article/view/1032

Edição

Secção

Actas do Seminário Serviço Social: a acção e os saberes