Sinistralidade laboral e exclusão social - um jogo viciado

Autores

  • Maria Emília Ferreira

Resumo

Os acidentes de trabalho são, entre nós, objecto de estudos estatísticos.

No entanto este consideram apenas uma pequena etapa. Dolorosa e dramática, mas de curta duração, quando comparada com uma "invalidez carregada para toda a vida". Esta pesquisa procura resgatar e dar visibilidade ao percurso de sofrimento percorrido (do acidente a inserção na vida familiar e social), evidenciando rupturas e limitações que advêm tanto do sistema reparador como do ostracismo social a que têm sido votadas as vítimas de acidente de trabalho.

Downloads

Publicado

2014-05-28

Como Citar

Ferreira, M. E. (2014). Sinistralidade laboral e exclusão social - um jogo viciado. Intervenção Social, (23/24), 165–192. Obtido de http://revistas.lis.ulusiada.pt/index.php/is/article/view/1031

Edição

Secção

Actas do Seminário Serviço Social: a acção e os saberes